Área de produtos digitais no Brasil

O Brasil segue com uma grande aceleração para transformação digital. Há diversas vagas abertas buscando profissionais qualificados para preenchê-las. Trabalhar em produto exige flexibilidade, pois as rotinas variam entre empresas, culturas e contextos diferentes de acordo com o segmento do seu produto. Os profissionais enfrentam questionamentos constantes e devem manter o foco no cliente, priorizando suas necessidades em vez de opiniões pessoais.

Há uma previsão de crescimento substancial na área de produtos na próxima década, com uma demanda crescente por Product Owners capacitados para lidar com os times. A essência do trabalho em produto é resumida pela citação de Jeff Patton: “No final do dia, seu trabalho não é cumprir os requisitos corretos – seu trabalho é mudar o mundo”.

O foco principal é resolver problemas e criar um impacto positivo na vida do usuário!

Como funciona a criação de produtos digitais?

Produtos digitais são softwares, apps, jogos, e-books, cursos online, mídias sociais e mais várias outras coisas que você só encontra no mundo virtual. Eles são a solução pros nossos problemas, oferecem inovação, acessibilidade e, claro, muita conveniência. Mas olha só: pra chegar até a gente (os usuários), esses produtos passam por um grande processo de desenvolvimento.

Etapa 1: Pesquisa de Mercado e Brainstorming

  • Análise do Mercado: Investigar tendências atuais, necessidades dos consumidores e lacunas no mercado.
  • Brainstorming Criativo: Reunir a equipe para gerar ideias inovadoras e viáveis, considerando as descobertas da pesquisa de mercado.

Etapa 2: Planejamento e Design

  • Definição de Características: Decidir quais funcionalidades o produto terá e como elas atenderão às necessidades dos usuários.
  • Design do Produto: Elaborar a aparência do produto, incluindo a interface do usuário (UI) e a experiência do usuário (UX), garantindo que seja atraente e fácil de usar.

Etapa 3: Desenvolvimento

  • Codificação: Programadores e desenvolvedores começam a construir o produto, transformando as ideias e designs em realidade.
  • Testes Iterativos: Realizar testes contínuos para garantir a funcionalidade, usabilidade e segurança do produto antes do lançamento.

Além disso, não basta só criar o produto, tem que lança-lo no mercado e definir uma estratégia de marketing para garantir que o público-alvo saiba que ele existe. E claro, o produto não pode ficar parado no tempo, tem que estar sempre atualizado e melhorando pra continuar atendendo nossas necessidades constantes.

Características dos profissionais da área de produto

Se você está considerando uma mudança de carreira, a área de produto pode ser uma opção intrigante, especialmente se você tem paixão por resolver problemas. Trabalhar com produto é semelhante a montar um quebra-cabeça complexo, onde cada peça representa um departamento ou função diferente, e o objetivo é criar uma imagem coesa e bem-sucedida.

Habilidades Cruciais para a Migração:

  1. Raciocínio Lógico: Ter a capacidade de pensar de forma clara e estruturada, antecipando possíveis desafios e planejando alternativas.
  2. Gerenciamento de Projetos: Esta habilidade envolve organização, gestão de prazos, flexibilidade e a capacidade de adaptar-se às mudanças sem comprometer o resultado final.
  3. Visão 360º: Ter uma compreensão holística não apenas das funções internas, mas também do mercado em geral.
  4. Colaboração: A capacidade de trabalhar em equipe, contribuir e alcançar resultados coletivos é fundamental.

A área de produtos digitais é caracterizada pela inovação contínua e pela rápida adaptação às mudanças tecnológicas, e demanda de profissionais que não só saibam de tecnologia, mas também tenham habilidades de gestão estratégica.

Os profissionais que atuam nessa área precisam estar sempre atualizados com as últimas tendências e ferramentas tecnológicas, afinal, a área de produtos digitais está sempre em constante evolução e é preciso estar preparado para lidar com as mudanças que surgem a todo momento.

Cargos e Carreira na área de Produto

A área de produtos digitais oferece uma variedade de cargos e oportunidades de carreira, cada um desempenhando um papel fundamental no ciclo de vida de um produto digital.

Associate Product Manager: O associate product manager é, essencialmente, o assistente do Product Manager (PM). Ele atua como um suporte, garantindo que o time de produto funcione de maneira eficaz e eficiente. Suas responsabilidades incluem definir detalhes, auxiliar o PM em diversas tarefas e corrigir quaisquer obstáculos que possam impedir o progresso do time.

Product Owner: O product owner é responsável por maximizar o valor de um produto e o trabalho de um time de desenvolvimento. Em essência, o objetivo diário de um P.O é tornar o produto mais valioso, funcional e atraente para o cliente. A motivação central é resolver problemas para agregar valor ao produto.

Um product owner deve:

  • Pesquisa de usuários: Entender metodologias de pesquisa para coletar feedback valioso.
  • Suporte aos usuários: Garantir que os clientes recebam o melhor atendimento, seja através de bots ou direcionamento para as áreas corretas.
  • Estratégias de marketing digital: Compreender as técnicas por trás das campanhas de marketing digital.

Product Manager: Um product manager não apenas desempenha as funções de um P.O, mas também vai além. Eles são responsáveis não apenas pela priorização e especificação, mas também pelo desenvolvimento, comunicação e execução da visão e estratégia do produto.

O product manager tem uma visão mais ampla, não se limitando apenas ao produto. Ele se conecta com a área de negócios, interage com stakeholders e tem objetivos macro em mente. Uma parte crucial de seu papel é a interação com o departamento financeiro, onde ele lida com a visão de ativos de giro. Ele coleta essa visão macro e a traduz para o time, alinhando-a com o desenvolvimento do produto.

Um product manager deve:

  • Conhecimento de dados: Ser capaz de analisar e interpretar dados para tomar decisões informadas.
  • Finanças: Compreender conceitos como ROI, capex, opex e LTV.
  • Marketing e SEO: Ter uma compreensão básica de otimização de mecanismos de busca e estratégias de marketing.
  • Desenvolvimento de negócios: Entender como expandir e crescer o produto no mercado.

Quer saber mais sobre a gestão de produtos digitais?

Vem com a gente fazer parte da nossa Formação em Produto!

Agora, uma dica final: compreendemos mais sobre a área de produtos digitais, os papeis do profissional de produto e cargos e carreiras na área. Quer se tornar um gerente de produto e aprender tudo isso na prática com os melhores profissionais do mercado?

Com a nossa formação em produto você vai aprender:

  • Javascript;
  • Introdução a API;
  • Metodologias Ágeis;
  • Marketing;
  • Modelos de Negócio;
  • Pesquisa de Mercado;
  • UX Research;
  • Teste de Usabilidade.