No mundo profissional, dividimos as habilidades em dois times: as Soft Skills e as Hard Skills.

Hoje em dia, não basta só ser bom em habilidades técnicas, as famosas “hard skills”, é preciso ir além, mostrar as “soft skills”.

Neste artigo, vamos mergulhar no universo dessas habilidades, entender como elas se completam para moldar profissionais de alta performance, que estejam prontos para qualquer desafio.

O que é soft e hard skills?

As Hard Skills são habilidades técnicas e específicas que você aprende em cursos ou treinamentos, como programação, contabilidade, ou habilidades com ferramentas. Elas são super fáceis de medir e normalmente aparecem em anúncios de emprego, como requisitos necessários para candidatos.

É comum afirmar que as hard skills são um requisito mínimo para garantir uma entrevista, enquanto as soft skills são fundamentais para conquistar uma posição no mercado de trabalho. São as Soft Skills que muitas vezes determinam se ele será contratado ou não. Essas habilidades podem ser aprimoradas durante a vida, através de autoconhecimento, treinamento pessoal e experiências profissionais.

Mas e na prática, o que é considerado uma hard e soft skills?

Hard Skills:

  1. Desenvolvimento de Software;
  2. Habilidades em ferramentas de design;
  3. Conhecimentos em ferramentas específicas, por exemplo: Excel ou Photoshop;
  4. Fluência em um idioma estrangeiro;

Soft Skills:

  1. Liderança;
  2. Empatia;
  3. Comunicação;
  4. Organização;
  5. Criatividade;
  6. Gestão de tempo;
  7. Proatividade;

E como desenvolver essas habilidades?

Embora as hard skills possam ser demonstradas e testadas, as soft skills são mais sutis e são reveladas ao longo do tempo. A combinação dessas habilidades é o que cria um profissional completo. Um bom profissional não é apenas aquele que sabe fazer, mas também quem ele é no ambiente de trabalho.

Com o avanço da tecnologia, as hard skills podem rapidamente se tornar obsoletas, enquanto as soft skills, como a adaptabilidade e a criatividade, são sempre atemporais e universalmente aplicáveis.

Principais Diferenças

  • Hard Skills: As hard skills são essenciais para a execução de tarefas específicas de um cargo, sendo fundamentais em várias profissões, especialmente aquelas que requerem conhecimentos técnicos específicos.
  • Soft Skills: Já as soft skills, são cada vez mais valorizadas no mercado de trabalho atual, pois elas afetam diretamente o clima organizacional e a gestão de projetos. Soft skills como empatia, comunicação assertiva, liderança, automotivação, inteligência emocional, entre outras, são cruciais para a interação eficaz dentro de equipes e com clientes.

Quais foram as tendências de habilidades mais buscadas em 2023?

À medida que entramos em que os anos vão passando, o mundo profissional continua em evolução, destacando a importância crescente das soft skills e hard skills no mercado de trabalho. Este ano, mais do que nunca, as empresas estão buscando um equilíbrio entre habilidades técnicas especializadas e competências comportamentais avançadas. A combinação dessas habilidades é o que faz um profissional se destacar e ser mais valorizado em sua carreira.

Hard skills mais buscadas em 2024:

  1. Desenvolvimento de Software: Continua sendo uma habilidade técnica altamente procurada.
  2. SQL: Fundamental para o trabalho com bancos de dados.
  3. Finanças: Conhecimento financeiro é crucial em diversos setores.
  4. Python: Uma linguagem de programação versátil e em demanda.
  5. Java: Outra linguagem de programação importante, especialmente em ambientes corporativos.

Soft skills mais buscadas em 2024:

  1. Capacidade de Aprender Rapidamente: Adaptar-se e absorver novos conceitos, tecnologias e metodologias rapidamente.
  2. Orientação para Resultados: Focar em alcançar objetivos sem dar desculpas.
  3. Inteligência Emocional no Trabalho: Compreender e gerenciar suas próprias emoções e as dos outros.
  4. Liderança: Inclui comunicação eficaz, tomada de decisões, motivação e influência sobre os outros.
  5. Resiliência: Capacidade de lidar com adversidades, superar desafios e adaptar-se às mudanças.
  6. Empatia: Compreensão dos sentimentos e necessidades dos outros, valorizada pela diversidade e inclusão.

É importante lembrar que essas skills não se tratam apenas de comportamento. Comportamento é uma ação voluntária, que pode ser manipulada ou escondida durante algum tempo. As soft skills são aptidões em aberto, que moldam características inerentes do nosso ser.

À medida que nos aproximamos de 2024, as tendências no mercado de trabalho continuam a evoluir.

Essas são as principais tendências que estão moldando o panorama das soft e hard skills para o próximo ano:

  • Aumento da Demanda por Habilidades Digitais: Habilidades como visualização de dados e experiência do usuário estão se tornando mais importantes.
  • Importância Crescente de Habilidades de Liderança e Gestão: Essenciais para guiar equipes através de mudanças e incertezas.
  • Foco em Habilidades que Complementam a Tecnologia: Habilidades humanas que complementam avanços tecnológicos, como gestão de pessoas e narrativa.

Conclusão

Você viu que a chave para o futuro do trabalho não está só em ser expert no conhecimento técnico, mas também em possuir habilidades comportamentais. Ou seja, nenhuma é mais necessária que a outra. Mas de fato, a relevância de cada uma depende estritamente do contexto em questão.

Então, é hora de investir em ambos os tipos de habilidades para brilhar na carreira!

E aí, qual é a skill que você pretende melhorar?

Para iniciar essa trilha no mundo de soft e hard skills, deixo de recomendação leituras e cursos gratuitos para você começar a se aventurar:

Bons estudos!