SQL… são apenas 3 letrinhas que, quando estão juntas, representam um dos conhecimentos mais requisitados no mercado de dados

É bem comum encontrá-las em anúncios de vagas de emprego. Mas o que SQL quer dizer? Para que serve? 

Hoje você vai acabar de vez com todas as suas dúvidas (ou ao menos as primeiras) sobre o que é o SQL e esclarecer por quais motivos você deveria se preocupar em saber sobre tudo isso o quanto antes.

Aqui vai vai um resumo dos tópicos que você vai encontrar por aqui:

Sumário

O que é SQL?

caderno explicando o que é sql.

SQL é a sigla usada para abreviar o termo “Structured Query Language”, que significa “Linguagem de Consulta Estruturada” em português. 

Basicamente, se refere a uma linguagem de programação usada para ações no banco de dados relacional. Tudo é baseado em tabelas.

O intuito da linguagem é facilitar o acesso e modificações de dados por vários desenvolvedores de uma empresa de forma simultânea. 

Quem diria que seria possível trabalhar com dados de maneira descomplicada e unificada, não é? 

Essa linguagem, que chamamos de SQL, pode ser considerada relativamente parecida com outros principais bancos de dados relacionais existentes no mercado – como Microsoft SQL Server, MariaDB, MySQL, Oracle, PostgreSQL etc. 

Obviamente, para que se diferenciem e atendam preferências particulares, cada um desses bancos têm suas características.

Vale mencionar que SQL é uma linguagem que a maioria dos profissionais acaba tendo que aprender, até mesmo que seja para usar o próprio Excel de forma pesada – já que isso acaba implicando em migração de informações para um banco de dados.

Da mesma forma, um cientista de dados que usa o Python em suas demandas para agregar dados de fontes de informações diferentes também precisa saber sobre SQL.

Para que serve o SQL?

Deu pra ver que a programação SQL é útil para todos que precisam analisar e/ou executar demandas em tabelas, especialmente por meio de alguns comandos – desde os mais comuns como “atualizar” (‘update’), “inserir” (‘insert’), “pesquisar” (‘search’) e “excluir” (‘delete’), até outros mais complexos para lidar com questões mais avançadas.

É claro que vamos destrinchar mais esses pontos mais adiante. Se você tem dúvidas sobre os principais comandos do SQL, continue a leitura.

Em resumo, sem entrar em termos mais técnicos, o SQL serve como uma linguagem necessária para aplicar comandos específicos em dados de seu interesse.

Por que aprender?

Foto de pessoa programando.

Só pelo fato da evolução digital que vivemos, todos os assuntos que facilitam o dia a dia corporativo já são interessantes para qualquer um. Porém, para sairmos da área superficial, vale lembrar que existem vários motivos que tornam o SQL algo primordial para os profissionais de dados.

Inclusive, com base em algumas referências do mercado, identificamos três motivos mais importantes para profissionais que já estão empenhados em aprender a linguagem SQL:

  • 1º motivo – a linguagem SQL pode ser usada em qualquer lugar;
  • 2º motivo – é fácil perceber que SQL sempre tem alta demanda, uma vez que várias empresas o utilizam (até mesmo as que lideram o mercado);
  • 3º motivo – embora o mercado tenha diversas outras alternativas para lidar com banco de dados, SQL não tende a perder sua relevância (nem agora e nem a longo prazo).

Além desses três pontos extremamente pertinentes, precisamos lembrar que  suas características fazem do SQL uma linguagem complementar a tarefas cotidianas dos mais diversos departamentos em vez de serem usadas apenas por profissionais especialistas em análises ou cientistas/engenheiros de dados.

Graças a toda sua simplicidade, SQL vêm sendo mais usada do que Python e R., que são linguagens bem conhecidas no meio.

Você pode se perguntar: “Mas esses outros profissionais que podem usar SQL precisam se tornar programadores para dominar essa linguagem?”. Felizmente, a resposta é não! Não é necessário ser um programador se quiser aprendê-la.

Como o conhecimento em SQL tem sido explorado em cada vez mais áreas, é possível aprender mais sobre o assunto em cursos dedicados a dados. 

Para quem tiver curiosidade sobre começar uma carreira dedicada ao SQL, é interessante saber que, de acordo com o Guia de Profissões e Salários da Catho, a média salarial para um analista de sistemas SQL que trabalha no Brasil gira em torno de R$ 3.473,19

Por sua vez, os consultores, coordenadores e gerentes de bancos de dados chegam a ter salários superiores a R$ 7 mil.

Se quiser saber como e por onde começar a trabalhar com SQL, vale a pena conferir o conteúdo até o final.

Principais comandos do SQL

Como mencionamos em tópicos anteriores, o SQL não é uma linguagem super complexa e inacessível para leigos em programação, o que permite, inclusive, que outros profissionais além dos especialistas em tecnologia possam manuseá-la.

O SQL acaba sendo usado para executar desde tarefas mais simples (como adicionar, editar ou excluir informações em um banco de dados), até para entregas mais difíceis.

Existem até alguns comandos-chave que consideramos como uma espécie de ponto de partida para o aprendizado de pessoas que ainda são iniciantes quando se trata de SQL.

Para sua felicidade, vamos apresentar abaixo uma lista com alguns dos comandos mais usados no SQL, que são a base de todo programador ou programadora. 

Os comandos SQL que consideramos como mais importantes são:

  • DELETE: provavelmente um dos mais conhecidos e usados, o comando ‘delete’ é útil para remover linhas de alguma tabela seguindo algum tipo de critério. Porém, vale destacar que esse comando é válido apenas para excluir registros. Quando se trata de  toda uma estrutura, índices ou outros atributos de um projeto, esse comando não serve para fazer nenhuma modificação;
  • INSERT: também bem conhecido, o ‘insert’ é acionado para inserir linhas novas em uma tabela, incluindo dados em um banco de dados;
  • SELECT = o ‘select’, também conhecido como um filtro, é usado quando alguém precisa buscar linhas em tabelas seguindo um critério definido dentro da chamada cláusula de ‘WHERE’. Em outras palavras, o comando serve para consultas em uma tabela sem ter que ficar lendo linha por linha;
  • UPDATE: por fim, o ‘update’ completa essa lista, já que é usado para atualizar linhas do banco de dados quando se têm algum critério de WHERE, como mudar algum dado específico, por exemplo. Traduzindo… o update é usado para atualizar registros que já estão inseridos como registro da tabela e que, por algum motivo, devem ser alterados para correções ou para que sejam complementados.

Como já é de se imaginar, existe uma infinidade de subcomandos que podem ser usados quando é preciso fazer algum tipo de busca mais aprofundada, com uma estrutura mais elaborada. Alguns exemplos desses outros comandos que você pode já ter ouvido falar são GROUP BY, HAVING, JOIN e LIKE.

Parece bem complicado, não é? Mas não se assuste! 

Na prática, o trabalho básico com o SQL é bem mais simples do que se imagina. Seja em tabelas, colunas, linhas, relacionamentos e chaves (que já são termos mais específicos), não é preciso ter um conhecimento super aprofundado de SQL. 

Quanto mais experiência tiver, mais fácil será usá-los. Depois você pode até se dedicar em ir mais além para otimizar suas consultas e aprender como chegar a decisões que te mostrem como modelar esses dados.

Como começar a trabalhar com SQL?

Homem trabalhando com SQL

Ainda que você não vá se tornar um profissional especialista em dados, o conhecimento sobre SQL pode te levar a ações que te incentivem a trilhar esse caminho.

Já quem está disposto a começar mesmo uma carreira profissional como analista de dados, o ideal seria começar pelo mais óbvio: estudos dedicados à essa especialidade! 

Paralelamente, para pôr a mão na massa e aplicar os conhecimentos que tem com o curso, recomendamos seguir trabalhando com uma base mais simples, usando uma única tabela.

Assim será possível testar suas habilidades com um modelo de dados.

Na Formação em dados da DNC você vai ter acesso a tudo que precisa para dar os primeiros passos – partindo da instalação e modelagem de banco dados até a aplicação dos primeiros comandos SQL (tanto em casos de MySQL e PostgreSQL quanto de SQLServer e Oracle). 

Além dos comandos, a Formação pode te ajudar a entender ainda mais sobre o universo do dados com Big Data, Estatística, Manipulação e limpeza de dados e muito mais. 

Como a Escola DNC pode te ajudar?

A DNC é tudo que você precisa para construir uma carreira em dados com grandes chances no mercado! 

Por aqui, seguimos uma metodologia revolucionária desenvolvida com intuito de resolver os problemas dos alunos, promovendo seu trabalho em equipe e propondo situações práticas realistas, visando prepará-los em todos os sentidos.

Nossos alunos passam por um ciclo de aprendizado completo para aplicar seus conhecimentos no maior laboratório do mundo, que é o próprio mercado de trabalho. Isso tudo enquanto ainda estão em fase de formação.

Para facilitar todo esse processo, os alunos são acompanhados durante o curso por consultores, facilitadores e mentores super experientes, que assumiram a missão de contribuir com tudo que for necessário.  Assim os alunos podem aprender, treinar e praticar enquanto são mentorados por uma equipe de alta qualidade.

Falando mais sobre os profissionais que compõem nosso time, todos eles realmente têm autoridade nos assuntos ministrados em curso e podem transmitir informações sobre tudo o que os cursos tradicionais não vão ensinar. Clique aqui para conhecer os profissionais de referência que colaboram com a Formação em dados. 

Como são as aulas da DNC?

Para que seja um curso apropriado para quem ainda pretende ingressar no mercado de trabalho e também para os profissionais que precisam conciliar estudos com expedientes, nossas aulas são 100% online.

Ao mesclar aulas gravadas e transmitir encontros ao vivo (o que é realizado em salas virtuais), é possível propor atividades compostas por dinâmicas de integração de conhecimento e com direcionamento geral de projetos. 

É importante reforçar que você não vai precisar ter uma graduação ou algum outro conhecimento específico relacionado a SQL para começar um curso na DNC. 

A formação em Dados foi desenvolvida pensando tanto em pessoas que estão começando do zero, quanto para quem já está atuando na área e precisa de mais informações sobre assuntos específicos. 

Na formação de dados, você vai desenvolver modelos de Machine Learning que podem gerar insights para negócios utilizando Python, enquanto extrai informações de banco de dados utilizando SQL.

Isso sem falar em toda experiência relacionada à ciência de dados que vai agregar valor na construção de seu portfólio, o que pode te levar a desenvolver projetos em empresas reais enquanto é orientado por especialistas do mercado.

Veja o que você vai aprender: 

  • Big Data;
  • Estatística;
  • Machine learning;
  • Manipulação e limpeza de dados;
  • Metodologias ágeis;
  • Python fundamentals;
  • SQL for Data Science
  • Visualização de dados.

Conheça benefícios de ser aluno DNC

Existem diversos benefícios em escolher a DNC para se aperfeiçoar na área.

Um exemplo disso é o acesso vitalício ao curso online escolhido, ou seja, você vai poder rever essa parte online quantas vezes quiser ou precisar. Tudo que precisa para ser expert, né?

Outros pontos importantes que podemos mencionar são os seguintes:

  • Projeto prático em grandes empresas do mercado (como  Ambev e iFood, por exemplo);
  • 98,6% de taxa de empregabilidade (o que mostra que nossos alunos estão atingindo seus objetivos em até 3 meses após a formatura);
  • Time de CS dedicado a você e outros alunos durante todo o curso, oferecendo mentoria de carreira e todo apoio necessário emproásseis seletivos.

Conclusão

Foto de caderno mostrando o que sql

Vivemos em um mundo digitalizado, portanto, saber lidar com diversidade de dados não é mais algo distante, mas fundamental. 

A linguagem SQL faz parte disso, sendo um dos conhecimentos considerados como os pilares de qualquer profissional que trabalha ou pretende trabalhar com tecnologia!

Lembre-se que a alta competitividade do mercado já é uma realidade. Portanto, ter mais conhecimento sobre informações tão úteis quanto o SQL é tudo que você precisa.

Para ter acesso às principais habilidades técnicas exigidas no segmento e ter a chance de construir um portfólio de projetos de dados que vai te destacar nessa área, conte com a DNC. 

Aproveite para esclarecer dúvidas sobre o assunto ou sobre os nossos cursos conferindo mais conteúdos.