Existem muitas ferramentas LEAN disponíveis para reduzir ou eliminar vários tipos de desperdícios existentes em um processo. Transporte, Movimento e Tempo de espera são alguns tipos de desperdícios que existem comumente em todos os processos ou operações, independentemente da natureza do trabalho.

Segundo a ASQ (American Society for Quality) o Diagrama de Espaguete é definido como uma representação visual usando uma linha de fluxo contínua que rastreia o caminho de um item ou atividade através de um processo. Como ferramenta de análise de processo, a linha de fluxo contínuo permite que as equipes de processo identifiquem redundâncias no fluxo de trabalho e oportunidades para agilizar o fluxo do processo.

Afinal, o que é o Diagrama do Espaguete?

O Diagrama de Espaguete é uma ferramenta que ajuda a reduzir o desperdício no transporte, movimento e tempo de espera. Ele detalha o fluxo, a distância e o tempo de espera do transporte de itens no processo, além de rastrear os padrões de caminhada das pessoas, transportando materiais entre tarefas e estações de trabalho. Assim, o layout físico de um processo é modificado para atingir seu objetivo.

Essa ferramenta pode parecer algo simples e não muito importante, pois muitos de nós tendem a ignorar a importância do layout e do movimento do piso em qualquer operação.

Mas isso é apenas uma opinião e não um fato. O fato é que essa ferramenta é muito poderosa, rastreando o movimento de produtos, papéis e até pessoas. Assim, é aplicável e benéfica também em processos de não fabricação e prova que a opinião acima está incorreta.

Por exemplo, áreas onde muitas passarelas se sobrepõem são causas de congestionamento e atraso. Esperar é um dos oito desperdícios do Lean, porque é considerado “movimento desnecessário”. O diagrama de espaguete ajuda a destacar os principais pontos de interseção, como esses, que podem não ser percebidos de outra forma.

Confira um trecho da nossa aula sobre Diagrama do Espaguete:

Como desenhar um diagrama de espaguete?

1. Desenhe o fluxo do processo físico (Layout) em um papel diminuindo aproximadamente a distância entre tarefas e mesas.

2. Agora, junte os trabalhadores que usam o sistema e peça que eles desenhem

a) O fluxo de materiais, papéis

b) O padrão de caminhada das pessoas

c) Tempo de espera e paradas em diferentes pontos

3. Todos estes devem ser desenhados em cores diferentes para distinguir o problema exato.

4. As linhas devem ser redesenhadas para cada viagem ou movimento. Quanto mais espessa a linha, mais complexo é o processo. Deve-se tomar cuidado para não perder tarefas minuciosas, pequenas viagens e movimentos repetidos.

5. Faça a cronoanálise do processo, ou seja, grave um vídeo de todo o processo e de cada trabalhador, cronometrando o tempo e os passos dos trabalhadores em cada etapa. Isso te ajudará a identificar oportunidades de melhoria no processo como um todo.

Como usar o Diagrama para melhorar o Layout?

O diagrama completo se parece com um “espaguete” real, daí o porquê do nome do diagrama. Ele revela todas as ineficiências de um layout em contribuir para um processo LEAN.

As tarefas mais conectadas devem ser colocadas o mais próximo possível, pois são os caminhos mais usados. Os caminhos com maior distância e maior tempo de espera também devem ser realocados para reduzir a distância.

A maioria das soluções aparecerá quando as tarefas estiverem organizadas nas formas ‘C’, ‘U’, retangular ou circular. Dependendo do fluxo de trabalho, o usuário pode alterar e escolher a forma apropriada. O usuário também pode chegar a um formato personalizado com base em seus requisitos.

Os gerentes de projeto e os especialistas em Lean Six Sigma devem ajudar a equipe a chegar a um design apropriado. Em seguida, a equipe deve simular o processo com o novo layout, acompanhar os novos caminhos, padrões de caminhada e tempo de espera e fazer as correções necessárias.

O novo diagrama de espaguete agora parecerá mais simples e fácil de gerenciar. Vou ilustrar isso com um exemplo.

Exemplo: Diagrama de espaguete para uma cozinha de restaurante

Suponha um restaurante que cozinhe vários tipos de alimentos e sirva com base em pedidos feitos. A gerência fez um layout simples em forma de ‘C’ que torna todas as partes da cozinha facilmente acessíveis aos chefs. Porém, durante os horários de pico, por mais eficientes e rápidos que os chefs trabalhassem, houve um atraso no tempo de entrega dos pedidos. Muitas vezes, os ingredientes eram confundidos e usados ​​em pratos diferentes do pretendido, levando à insatisfação do cliente. Os chefs se sentiram infelizes e cansados ​​pois independentemente dos esforços genuínos e domínio da culinária, a gerência não estava feliz e eles sentiram que todos os dias eram muito agitados.

A gerência decidiu usar o LEAN e técnicas de melhoria de processo. Uma das sugestões dos especialistas em Excelência em Processos foi desenhar um diagrama de espaguete. O diagrama de espaguete real do processo de cozimento da ordem era assim.

Diagrama de espaguete inicial e cheio de caminhos sem uma sequência definida.

Depois de ver o diagrama de espaguete, a equipe analisou várias combinações de fluxo de processo e chegou ao fluxo de trabalho abaixo.

Diagrama de espaguete finale com uma estruturação a ser percorrida bem definida.

Agora, ele não se parece mais com um diagrama de espaguete.

O diagrama de espaguete ajuda das seguintes maneiras:

1. Ele identifica ineficiências no layout de área / trabalho.

2. Ajuda a identificar os resíduos de transporte, movimento.

3. Ajuda a reduzir o tempo sem valor agregado gasto na identificação de produtos perdidos, confusão na ordem de processamento de itens etc.

4. Ajuda a melhorar a eficiência e reduzir a fadiga dos funcionários devido a movimentos desnecessários.

5. Identifica e trabalha nas áreas de segurança do trabalho.

Melhorar a colaboração da equipe foi um benefício secundário da criação do diagrama de espaguete. O foco em um objetivo comum aproximou a equipe e destacou o objetivo de posicionamento de algumas áreas de trabalho. A ferramenta ajudou a equipe a ver como eles poderiam reorganizar as áreas de trabalho para otimizar a eficiência.

Bom galera, é basicamente isso. Espero que tenham curtido o conteúdo e que ele tenha agregado valor a vocês!!! Até a próxima.

Referências: https://asq.org/quality-resources/spaghetti-diagram

Leia também

Veja também nosso outro artigo relacionado: